Ray Grunland

VOLUME – Grand Jury

Co-founder of SIC, musician, composer and artist manager and booking agent.

Ray Granlund obteve os graus de Licenciatura e Mestrado em Música da Escola de Música Shepherd da Universidade de Rice, na sua cidade nativa de Houston nos Estados Unidos da América. Após uma carreira de 15 anos como músico e compositor de música clássica e electrónica, jornalista de cultura e gastronomia, e empreendedor cultural, decidiu regressar aos estudos, recebendo o Mestrado de Artes com distinção em Cultura Política, Relações e Diplomacia da Goldsmith, Universidade de Londres, pelos seus trabalhos de investigação onde estudou questões internacionais no âmbito do financiamento das Artes e da Música, assim como o fenómeno de gastrodiplomacia presente em programas de televisão sobre gastronomia e culinária.

Durante os oito anos em que viveu em Macau, Granlund co-fundou e administrou a empresa Panda Artist Management Ltd, uma agência dedicada a espectáculos de música ao vivo. Agendou e organizou, espectáculos de música na República da China, Coreia do Sul, Japão, Europa e Estados Unidos da América para um conjunto de bandas internacionais. Em Macau, organizou e promoveu 120 espectáculos de música ao vivo com empresas de Macau, destacando músicos locais, regionais e internacionais. Em 2011, Panda Management organizou e coordenou para o Instituto de Cultural de Macau (ICM), o memorável especáculo de Vídeo Mapping Arquitectónico, na fachada das Ruínas da Igreja de São Paulo. Organizou e ministrou um curso de mapping audioviosual, de três meses para o ICM.

Ray Granlund, é tradutor literário de Português para Inglês em todas as edições da Rota das Letras – Festival Literário de Macau. Participou como músico convidado, em duas edições do Festival de Artes de Macau organizado pelo ICM. Actualmente reside em Londres, onde trabalha como editor e musicólogo na White Label Productions, uma agência de apoio à indústria de gravação de música clássica e de bandas sonoras originais.